lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Sesa divulga nota técnica da volta das cirurgias eletivas
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Sesa divulga nota técnica da volta das cirurgias eletivas
Qui, 09 de Julho de 2020 13:16

banner_nota_tecnica_retomada_eletivas_jul2020.jpg

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) divulgou nesta quarta-feira, 8, nota técnica da retomada de cirurgias eletivas onde orienta os profissionais de saúde para adotarem as medidas para redução de riscos de transmissão de Covid-19 a paciente e profissionais dos hospitais, garantindo resolutividade da demanda reprimida e de rotina.

 

As instituições de saúde deverão criar protocolos próprios com base nas recomendações científicas mais atualizadas acerca das práticas de prevenção e controle da transmissão da Covid-19. Esses protocolos devem estar disponíveis para avaliação da Vigilância Sanitária do Estado.

As cirurgias eletivas no Estado estavam suspensas desde o dia 16 março de 2020, quando foi decretado Situação de Emergência em Saúde no Estado do Ceará, onde trouxe uma série de medidas para enfrentamento e contenção da infecção humana provocada pelo Covid-19. Em média, 5 mil procedimentos eletivos por mês, foram cancelados.

Respeitando as particularidades de cada unidade de saúde, sugere-se a retomada gradual das cirurgias eletivas que acontecerá em três estágios. Na primeira fase, até 50% dos níveis normais de atividade cirúrgica, na segunda fase até 75% dos níveis normais de atividade cirúrgica e a terceira fase até 100% dos níveis normais de atividade cirúrgica ou o mais próximo possível dos níveis normais de atividade, com segurança. Os níveis normais de atividade dependem da capacidade instalada de cada hospital quando já operava antes da Covid-19. A avaliação da situação epidemiológica da unidade à medida que avança nos estágios de retomada das cirurgias.

Os agendamentos das cirurgias só poderão ser feitos com exclusão da Covid-19 após teste de RT-PCR negativo. Caso o exame der positivo é necessário que adie a cirurgia até que a doença seja excluída após novo teste de RT-PCR negativo. Essa decisão exigirá discussão com a equipe técnica, e compartilhamento de decisão com o paciente.

 

Assessoria de Comunicação da Sesa

Repórter: Fátima Holanda

Arte Gráfica: Fábio dos Santos

 

 

 

 

Calendário

Agosto 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5