lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Referência na área, transplante hepático do HGF é tema de livro
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Referência na área, transplante hepático do HGF é tema de livro
Ter, 19 de Novembro de 2019 10:49

escolhida_HGF.jpg

 

Referência no Norte e Nordeste, o setor de Transplantes do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), da rede pública de saúde do Governo do Ceará, foi tema de livro produzido pelo Grupo de Pesquisa e Extensão em Transplante e o Mestrado Profissional em Transplante da Universidade Estadual do Ceará (Uece), em conjunto com a unidade hospitalar.

“Transplante Hepático: diagnóstico e condutas sistematizados em casos clínicos” foi organizado pela cirurgiã e coordenadora de Transplante Hepático da unidade, Ivelise Regina Canuto Brasil, junto aos estudantes José Hicaro Gonçalves Lima Paiva e Vitória Nunes Medeiros, e será lançado no dia 22 de novembro, a partir das 13h, no auditório principal do hospital, em evento alusivo aos dez anos do setor.

Com autoria e colaboração de 55 estudantes e profissionais nas áreas de Medicina e Enfermagem, a obra conta com 35 artigos e estudos de caso de pacientes do hospital. Neles, são relatados desde casos habituais até os mais complexos, todos adaptados à realidade de doação e recepção de órgãos no Ceará, com aplicabilidade a todo o Brasil. O objetivo da obra é mostrar que a realização do transplante de fígado deve ser considerada por médicos generalistas.

“Se um paciente tem hérnia, ele precisa fazer cirurgia de hérnia; se um paciente tem um problema no fígado e tem indicação de transplante, este é o tratamento curativo. Por isso, todo profissional da Medicina precisa ter conhecimento sobre indicações e necessidades do transplante hepático dentro de seu hall de possibilidades, para diminuir o sofrimento de quem precisa”, explica Ivelise.

Educação pelo exemplo e pela experiência

Estudantes de Medicina da Uece, Vitória e José Hicaro não tinham em mente seguir na hepatologia em suas carreiras profissionais. Ele pensa em se especializar em nefrologia; ela ainda não tem certeza de qual área se dedicar. Mas, participar da organização o livro deu a eles uma oportunidade enriquecedora de aprimorar seus conhecimentos, abrindo novas possibilidades. “Eu tinha que estudar tanto o meu caso quanto o dos participantes mais novos. Então, nós dois revisamos os trabalhos junto à doutora Ivelise e, com isso, aprendemos bastante”, ela conta.

Hicaro ressalta que o livro impulsiona a formação de profissionais em um esforço integrado entre o HGF, o Grupo de Pesquisa e Extensão em Transplante e o Mestrado Profissional em Transplante. A possibilidade de trabalhar em um centro de referência na área, junto à coordenadora de mestrado do campo, enche os olhos. “Ela [Ivelise] sempre ajudou seus alunos, e, sendo referência no assunto, a revisão dela é meticulosa e essencial para a construção deste projeto”, relata.

Dez anos do setor de Transplante de Fígado e Pâncreas

Embora o conceito do livro houvesse sido pensado há cinco anos, o trabalho representa todo o esforço do setor em uma década. “É uma maneira de mostrarmos o que temos feito. E compor um livro onde estão profissionais e estudantes ligados ao serviço é importante. É um multiplicador de oportunidades e de conhecimento”, conta Ivelise.

Até setembro de 2019, 23 pacientes realizaram transplante de fígado. Todos eles foram acompanhados pela equipe multidisciplinar da unidade, que conta com profissionais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e terapeutas ocupacionais.

Assessoria de Comunicação do HGF
Repórter/Fotos: 
Filipe Dutra

 

 

Calendário

Fevereiro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29