Intoxicações e Acidentes por Animais Peçonhentos
Qui, 08 de Julho de 2010 11:23

 

A intoxicação humana é um conjunto de sinais e sintomas que demonstra o desequilíbrio orgânico promovido pela ação de uma substância química. Esta intoxicação é revelada pela EVIDÊNCIA CLÍNICA. Nunca, apenas pela presença da DROGA. Segundo Goodman & Gilman, devemos “Tratar o paciente e não o veneno”. Neste contexto, frente a um paciente intoxicado, devemos examiná-lo com cuidado e consultar o Protocolo de Condutas nas Intoxicações e Acidentes com Animais Peçonhentos para aplicar os tratamentos indicados para recuperar o maior número possível de pessoas sofridas, lembrando que há 4 grandes grupos de  substâncias  que podem intoxicar como a seguir:


1 - ANIMAIS PEÇONHENTOS como as cobras ( existe muitas cobras não peçonhentas), aranhas peçonhentas, escorpiões peçonhentos, peixes  peçonhentos e abelhas peçonhentas, produzem intoxicação e requerem uma abordagem específica sendo em geral necessário, tranqüilizar  o paciente,   dar-lhe um pouco de água e lavar o local com água e sabão. Em seguida, sem perder tempo, encaminhar para o hospital mais próximo, para  um exame clínico criterioso,  e em alguns casos selecionados além   do tratamento sintomático  administrar-se soro anti-peçonhento.


2 - SUBSTÂNCIAS CÁUSTICAS como os produtos de limpeza pesada,  ácidos e  bases, que causam basicamente  QUEIMADURAS.  Estes casos requerem muita cautela pois nada está definido  como rotina além de muita prudência em cada observação pois muitos casos caminham para lesões graves que vão da hemorragia  a perfurações  para as cavidades e órgãos  internos . O cirurgião bem treinado deve seguir com a possibilidade de intervir mesmo nos primeiros minutos. Em geral a endoscopia deve ser realizada nas primeiras 48 horas e repetida somente depois do 28 º  dia. Obs. – Evitar lavagem gástrica em todos estes casos.


3 - OS DERIVADOS DE PETRÓLEO como querosene, gasolina e solventes voláteis causam basicamente pneumonia química, asfixia e problemas respiratórios, cujo tratamento é sintomático de urgência não requerendo nada especifico. Obs. - Evitar lavagem gástrica.


4 - OUTRAS SUBSTÂNCIAS como os praguicidas e os medicamentos são os toxicantes clássicos que envenenam e matam por  produzirem lesões após  serem absorvidos pelas vias digestivas, aéreas ou mesmo pela pele.  Neste grupo, após as medidas de urgência citadas acima, indica-se o seguinte:


a) Em caso de ingestão do praguicida (exceto os cáusticos)  e de medicamentos que afetam o sistema nervoso central  (SNC) procede-se a lavagem gástrica com  sonda orogástrica e administração de carvão ativado diluído a 10% na dose de 01g (um)  por kg de peso até no máximo 50 g/dose,  em doses repetidas de 6/6 hs. Até no máximo por 03 dias. Obs. – Suspender naturalmente a dieta enquanto estiver usando o mesmo.
b) As demais substâncias como os hormônios, as vitaminas, anti-inflamatórios, etc. são  em geral, produtos  pouco tóxicos, enquadrados nos itens da planilha de condutas nas intoxicações e acidentes com animais peçonhentos.


Concluindo, todo paciente intoxicado deve ser observado com muito critério, independente da sua fala, pois em muitos casos ele está tentando a autólise e o clínico precisa estar bastante atento, pois algumas arritmias podem levar à óbito sem outros sintomas de alarme.

 

 

Clique e Saiba Mais:

Orientação aos médicos
Prevenção das intoxicações
Regras básicas para o combate ao escorpião e aranhas
Protocolo de Condutas nas intoxicações e acidentes com animais peçonhentos
Teratogênese e recomendações na gravidez

Manual do Trabalhador Rural

Links Importantes

 

RESPONSÁVEL

José Ambrósio Guimarães – CREMEC 2345

CIAT/HGF: (85) 3101-7077
E-mail: \n Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Endereço:
Hospital Geral de Fortaleza (HGF) - SESA - CEARÁ
Rua Ávila Goulart nº 900 - Papicu
CEP 60155-290 - Fortaleza (CE) - Brasil

 

Calendário

Julho 2014
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2